Seja bem-vindo ao RondôniaHoje, tudo que é notícia passa aqui!
sábado , 18 maio 2024
Economia

Carnaval deve injetar R$ 4,5 bilhões na economia do município

Carnaval deve injetar R$ 4,5 bilhões na economia do município

Por Agência Brasil

Publicada em 13/02/2023 às 16h22

A movimentação econômica esperada pela prefeitura carioca para o carnaval deste ano deverá alcançar R$ 4,5 bilhões, com aumento de 12,5% em relação a 2020, que foi a última festa antes da pandemia do novo coronavírus.

Desse montante, só o carnaval de rua deve responder por R$ 1,2 bilhão, expansão de 20% em relação a 2020. Os dados são da segunda edição do estudo Carnaval de Dados, publicação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação (SMDEIS), em parceria com o Instituto Fundação João Goulart e com a Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur), divulgada hoje (13).

“Após o difícil momento que o Rio e o carnaval carioca passaram, com os impactos de sucessivas crises administrativas e políticas nos últimos anos, agravadas com a pandemia, é a hora de fazermos o maior carnaval da história, em 2023″, disse o prefeito Eduardo Paes durante a apresentação dos dados.

A festa de Momo na capital fluminense é responsável por um terço de toda a movimentação econômica no país, no período. A prefeitura carioca estima que a arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS) de turismo alcançará R$ 23,3 milhões, resultado 20% maior do que o registrado em fevereiro de 2020, da ordem de R$ 19,4 milhões.

De acordo com o estudo, os quatro dias de folia carnavalesca têm impacto direto sobre o turismo da cidade. Entre 2011 e 2022 (excluindo 2020 e 2021, em função da pandemia), fevereiro tem o maior peso (10,2%) entre os 12 meses do ano na arrecadação do ISS ligado ao turismo, dois pontos percentuais acima da média dos demais meses do ano, o que mostra a força do carnaval carioca.

DNA carioca

O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação do Rio, Chicão Bulhões, falou sobre a importância do carnaval para as famílias cariocas.

“Além de ser importante para a cultura do Rio, [o carnaval] é também motor para o desenvolvimento econômico, por ser fonte de renda para milhares de famílias cariocas e gerar emprego não só durante os dias de folia, mas também durante todo o ano”.

Um único dia de desfile no Sambódromo do Rio movimenta cerca de 20 mil pessoas. No total, 45 mil pessoas trabalham oficialmente no período, revela o estudo. Este ano, a prefeitura deu um incentivo recorde para as escolas de samba do Grupo Especial, de R$ 2,15 milhões, o maior da série histórica.

A presidente do Instituto Fundação João Goulart, Rafaela Bastos, salientou que o carnaval é uma matriz de conhecimentos sobre a cidade do Rio de Janeiro.

“Se em termos culturais e simbólicos é sabida a sua relevância [do carnaval], este estudo vem colaborar com análises sobre aspectos econômicos, ambientais, infraestrutura, emprego e renda, os quais também são impulsionados por esta manifestação cultural, quando são realizados os eventos que trazem impacto positivo para a cidade o ano todo. Carnaval é Rio de Janeiro porque, além de tudo, desenvolve a cidade”, indicou.

Carnaval da democracia

O presidente da Riotur, Ronnie Costa, disse que, este ano, a empresa celebra o carnaval da democracia.

“Com a retomada do carnaval de rua, a estrutura moderna da Nova Intendente, palcos espalhados pela cidade e o tradicional desfile na Marquês de Sapucaí, as expectativas são as melhores. Geração de empregos, movimentação da economia e captação de turistas”.

Nos desfiles das escolas de samba de 2022, no Sambódromo, as Escolas do Grupo Especial levaram 37,3 mil componentes. Na Série Ouro, o segundo grupo do carnaval carioca, foram 28,9 mil. No total, foram 66,2 mil componentes em todos os desfiles no Sambódromo, somando as 12 Escolas do Grupo Especial e as 15 agremiações da Série Ouro. Em média, no carnaval do ano passado, cada escola do Grupo Especial levou para o Sambódromo 3,1 mil componentes e cada escola da Série Ouro levou 1,9 mil componentes.


Por: Randy Pekar
Fonte/URL: http://rondoniadinamica.com/noticias/2023/02/carnaval-deve-injetar-r-45-bilhoes-na-economia-do-municipio-,153584.shtml

Artigos Relacionados

Deputado Alan Queiroz solicita melhorias na RO-133, em Espigão do Oeste

Por Ian Machado Publicada em 06/05/2024 às 16h05  Com o objetivo de...

Lula sanciona lei que altera tabela do Imposto de Renda

Nesta quarta-feira (1º), durante ato com trabalhadores na zona leste de São...

Prefeitura de Espigão do Oeste fortalece economia local com Cartão Feira para servidores municipais

Por Espigão News Publicada em 20/04/2024 às 11h02 Iniciativa destina R$100,00 mensais...

Semana do governador Marcos Rocha em Brasília coloca Rondônia no radar dos investimentos da economia nacional

Por Vanessa Moura Publicada em 18/06/2023 às 09h40 REFORMA TRIBUTÁRIA Marcos Rocha...