Seja bem-vindo ao RondôniaHoje, tudo que é notícia passa aqui!
domingo , 19 maio 2024
Destaques

Igrejas cedem templos para abrigar pessoas afetadas pelas chuvas no RS

Igrejas cedem templos para abrigar pessoas afetadas pelas chuvas no RS

Igreja Mover (Foto: Reprodução/Instagram)
Em meio a catástrofe climática vivenciada no estado do Rio Grande do Sul, igrejas evangélicas estão abrindo seus templos e cedendo o espaço de adoração para abrigar pessoas que foram afetadas pela águas das chuvas.

Na cidade de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, a Igreja Mover cedeu o espaço do templo para abrigar aqueles que tiveram suas casas invadidas pelas águas nesta madrugada. Diversos bairros de Canoas foram inundados.

Em meio a catástrofe climática vivenciada no estado do Rio Grande do Sul, igrejas evangélicas estão abrindo seus templos e cedendo o espaço de adoração para abrigar pessoas que foram afetadas pela águas das chuvas.

Na cidade de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, a Igreja Mover cedeu o espaço do templo para abrigar aqueles que tiveram suas casas invadidas pelas águas nesta madrugada. Diversos bairros de Canoas foram inundados.

Já na capital, templos da Assembleia de Deus estão abertos para receber pessoas que perderam suas casas devido as chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul. De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil, já são 300 municípios afetados pelas chuvas.

As igrejas evangélicas também mobilizaram locais para receberem doações de todo o Brasil (veja  aqui os locais ), agora estão sendo cedendo locais de abrigos para pessoas que foram afetadas, muitas destas frequentam as igrejas.

Você pode ajudar a Igreja Mover através do PIX enchente@igrejamover.com ou enviando doações para Av. Victor Barreto, 604 – Centro, Canoas.

Tragédia
Em menos de um ano, quatro desastres climáticos atingiram o Rio Grande do Sul. Em 2023, três eventos ocorreram em junho, setembro e novembro, deixando 80 mortos. Neste ano a tragédia foi ainda pior, com milhares de pessoas afetadas.

De acordo com a Defesa Civil, cerca de 24.252 pessoas fora de casa, sendo 7.165 pessoas em abrigos e 17.087 desalojados (na casa de familiares ou amigos). Ao todo, 235 dos 496 municípios do estado registraram algum tipo de problema, afetando 351.639 mil pessoas.

Fonte: Gospel Prime


Por: Donizete Bernardo Santos
Url: JornalCorreioDoVale

Artigos Relacionados

Alero divulga programação na 11ª Rondônia Rural Show Internacional, em Ji-Paraná

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) estará presente na 11ª Rondônia Rural...

Jovem é encontrado morto dentro de residência em Jaru

Um rapaz identificado como Marcos Nascimento Ananias, de 36 anos, foi encontrado...

Aviator: Tudo que você precisa saber sobre o jogo

Prepare-se para uma aventura emocionante nos céus com o Aviator, um jogo...

Operação Policial Intercepta Tráfico de Drogas na Fronteira Brasil-Bolívia

Ação coordenada resulta na apreensão de entorpecentes e prisão de suspeita em...