Seja bem-vindo ao RondôniaHoje, tudo que é notícia passa aqui!
domingo , 19 maio 2024
Destaques

Homem é morto com tiro de espingarda na zona rural de Pimenta Bueno

Homem é morto com tiro de espingarda na zona rural de Pimenta Bueno

Na manhã do último domingo, 23 de abril, uma mulher que se dizia irmã de uma testemunha procurou a Polícia Militar em Espigão D’Oeste.

Ela relatou que na noite anterior seu cunhado havia baleado e matado um homem com uma espingarda em uma fazenda localizada a cerca de 85 km da cidade, na comunidade Bradesco, zona rural de Pimenta Bueno.

O suspeito então trouxe a irmã para a cidade e a trancou dentro de casa com os filhos, mantendo-os presos e impedidos de sair.

Ao saber das denúncias, a Polícia Militar deslocou uma equipe até a residência do suspeito, no bairro Liberdade, para averiguar a veracidade das denúncias.

Eles encontraram a testemunha e seus filhos na casa, mas não estavam trancados lá dentro.

Ao ser questionada sobre o paradeiro do suspeito, a testemunha disse à polícia que ele havia saído de casa no início da manhã.

Ela disse que conseguiu a ajuda da irmã porque foi proibida de falar com qualquer pessoa sem o conhecimento do suspeito.

Ela também alegou que ele havia ameaçado matá-la se ela o denunciasse.

A testemunha contou ainda que mantinha união estável com o suspeito há vários anos, com quem teve filhos, no entanto, ela estava morando com outra pessoa, há cerca de 20 dias, em uma fazenda onde ele trabalhava como caseiro.

Na noite de sábado, ela e a vítima estavam na fazenda quando o suspeito apareceu de repente atrás de um paiol com uma lanterna focando nos olhos da vítima.

A vítima tentou fugir, mas foi baleada nas costelas.

A testemunha disse que pensou que fosse morrer quando o suspeito perguntou se ela tinha óleo diesel em casa, dizendo que iria queimá-la viva.

Com a resposta negativa o suspeito disse a ela para ir ao pasto buscar algo para ele, nesse momento ela temeu que levaria um tiro pelas costas.

A testemunha relatou ainda que após levar a sacola para o suspeito, foi obrigada a apontar uma lanterna para o caminho enquanto ele amarrava uma corda nos pés da vítima e a arrastava por cerca de 10 metros.

Em seguida, despiu a vítima e a deixou próximo a uma bica d’água, onde também deixou a espingarda utilizada no crime próximo ao corpo.

O suspeito pegou algumas roupas pessoais da testemunha e colocou em sacolas, com duas espingardas e munições de diversos calibres pertencentes à vítima.

Ele desmontou as armas e as colocou em uma mochila, que amarrou na traseira de uma motocicleta. Ele então perguntou se ela preferia ir com ele ou morrer.

Ela subiu na moto e eles saíram do local, chegando em Espigão do Oeste por volta das 2h de domingo.

A testemunha disse que assim que chegaram a sua residência, ele a trancou no quarto para impedi-la de sair, onde ela passou a noite toda.

Ela também alegou que ele a tocou contra sua vontade.

Questionada se sabia para onde o suspeito tinha ido, a testemunha disse que ele havia saído de casa de manhã para ir à estrada do Calcário pegar algumas coisas que tinha deixado na noite anterior que não conseguiu trazer devido à chuva.

A polícia se deslocou para o local, encontrando o suspeito a cerca de 18 km da cidade, conduzindo uma motocicleta Honda NXR Bros voltando para cidade, sendo realizada a abordagem.

O suspeito confessou a autoria do homicídio, bem como toda a sua motivação e disse estar conduzindo consigo na mochila amarrada à sua motocicleta duas espingardas e algumas munições, que pertenciam à vítima.

Ele ainda afirmou que deixou a espingarda utilizada no crime ao lado da vítima no local do homicídio. Em seguida foi apresentado na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) juntamente com as armas, munições e seus pertences.

Uma equipe de apoio da PM se deslocou até o local do crime com a perícia técnica, a fim de levantar mais informações sobre o ocorrido.

Após a coleta dos dados no local do fato, as equipes retornaram para a cidade, trazendo consigo a arma utilizada para o crime, bem como o corpo da vítima que foi removido pela funerária.

A espingarda utilizada para o crime foi apresentada na UNISP e possuía um cartucho calibre 20 deflagrado ainda dentro da arma.

Devido às más condições da estrada e o local ser de difícil acesso, as equipes conseguiram retornar para a cidade de Espigão somente no início da madrugada desta segunda-feira (24).

A vítima foi identificada como sendo Marciano Andrade dos Santos de 29 anos.

NoPontoNotícias


Por: Donizete Bernardo Santos
Fonte/URL: https://www.jornalcorreiodovale.com.br/homem-e-morto-com-tiro-de-espingarda-na-zona-rural-de-pimenta-bueno/

Artigos Relacionados

Alero divulga programação na 11ª Rondônia Rural Show Internacional, em Ji-Paraná

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) estará presente na 11ª Rondônia Rural...

Jovem é encontrado morto dentro de residência em Jaru

Um rapaz identificado como Marcos Nascimento Ananias, de 36 anos, foi encontrado...

Aviator: Tudo que você precisa saber sobre o jogo

Prepare-se para uma aventura emocionante nos céus com o Aviator, um jogo...

Operação Policial Intercepta Tráfico de Drogas na Fronteira Brasil-Bolívia

Ação coordenada resulta na apreensão de entorpecentes e prisão de suspeita em...