Seja bem-vindo ao RondôniaHoje, tudo que é notícia passa aqui!
quinta-feira , 23 maio 2024
Destaques

Dois suspeitos de bando que invadiu Confresa morrem durante intensa troca de tiros com a Polícia Militar

Dois suspeitos de bando que invadiu Confresa morrem durante intensa troca de tiros com a Polícia Militar

Dois suspeitos de integrar o grupo que aterrorizou a cidade de Confresa (MT) morreram em confronto com a Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (1°), em Marianópolis do Tocantins, na região oeste do estado. Eles chegaram a ser socorridos para o hospital, mas acabaram não resistindo.

Os criminosos foram encontrados no fim da tarde de domingo (30) nas proximidades da TO-080. A PM disse que eles reagiram à abordagem e aconteceu uma intensa troca de tiros. As buscas continuaram e um novo confronto foi registrado no início da manhã de segunda-feira (1°), quando os suspeitos foram baleados.

“Realizamos o cerco a noite toda e hoje pela manhã dois foram localizados. Houve novo confronto com equipes do 8º BPM e Força Tática do Tocantins e foram alvejados, que entraram em óbito. As buscas continuam, pois foram avistados mais dois indivíduos na fuga”, contou o coronel Roque, da PM de Mato Grosso.

Os criminosos são suspeitos de integrar a quadrilha que tentou assaltar uma transportadora de valores na cidade de Confresa (MT) no dia 9 de abril. A caçada vinha sempre ocorrendo nas áreas rurais na região oeste e sudoeste. Esta é a primeira vez que os suspeitos são encontrados tão perto de uma cidade.

Leia também: Veja vídeo: Assaltantes fortemente armados invadem a cidade de Confresa MT

Seis bandidos que invadiram Confresa morreram em confronto com a polícia

A Polícia Militar afirmou que as buscas pelos infratores continuam na região e que todos os policiais envolvidos na ação passam bem.

A PM reforçou a orientação para que a população da região evite os deslocamentos, sobretudo na rodovia TO-080 e em suas proximidades, devido à presença na região dos criminosos que permanecem fortemente armados.

Operação Canguçu

Nesta segunda-feira (1º) a operação Canguçu chega à sua terceira semana de buscas pelos criminosos. Durante este período, dois suspeitos foram presos e outros nove morreram em confronto com policiais. Armas de guerra e milhares de munições foram apreendidas.

A força-tarefa para caçar os criminosos conta com cerca de 350 policiais de cinco estados, três helicópteros, embarcações, drones e cães farejadores. As buscas no território tocantinense começaram no dia 10 de abril e não têm um prazo para acabar.

Os governadores de Tocantins, Goiás e Mato Grosso visitaram a base da operação na semana passada e afirmaram que o objetivo é encontrar até o último criminoso.

Após a tentativa de assalto em Confresa (MT), os criminosos fugiram em embarcações pelos rios Araguaia e Javaés até entrarem em território tocantinense.

Durante a fuga os criminosos também aterrorizaram fazendas no Tocantins e fizeram reféns. O medo passou a fazer parte do cotidiano dos moradores da zona rural, onde os serviços públicos e a locomoção têm sido prejudicados.

As buscas são feitas com a ajuda de aeronaves enviadas por outros estados, barcos, drone e cães. Moradores da região dão apoio com alimentos, pontos de internet, dormitório e estrutura das fazendas.

Durante a operação foi apreendido um verdadeiro arsenal com capacetes e coletes, armamento pesado e munições de uso restrito das Forças Armadas, por serem utilizados em guerra. Todo o material deverá ser entregue às polícias de Mato Grosso, onde o grupo começou a ação criminosa.

A Polícia Militar do Tocantins e de Mato Grosso identificaram dois dos integrantes da quadrilha. Eles são Raul Yuri de Jesus Rodrigues, de 28 anos, que morreu em confronto, e Paulo Sérgio Alberto de Lima, de 48 anos, que foi preso após fazer o funcionário de uma fazenda refém.

Os outros mortos e presos ainda não tiveram as identidades divulgadas.

Por: Gazeta MT


Por: Donizete Bernardo Santos
Fonte/URL: https://www.jornalcorreiodovale.com.br/dois-suspeitos-de-bando-que-invadiu-confresa-morrem-durante-intensa-troca-de-tiros-com-a-policia-militar/

Artigos Relacionados

STF torna Carla Zambelli e hacker réus por invasão do sistema do CNJ

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira, por...

Polícia Militar Prende Três Suspeitos de Furtos em Veículos Durante a Rondônia Rural Show

Em uma operação rápida e eficaz, a Polícia Militar de Rondônia prendeu...