Vilhena: Município registrou duas mortes e 58 novos casos da Covid-19 e já contabiliza mais de 9.600 casos

147

O município de Vilhena confirmou dois óbitos por covid-19 nesta sexta-feira, 26. Uma das vítimas foi o comerciante Fabiano Rodrigues Alves, de 41 anos; a outra vítima foi a dona Maria Julieta do Nascimento Santos, de 61 anos, que faleceu 16 dias após perder o esposo pra doença.  

Com os óbitos registrados nas últimas horas Vilhena atingiu o total de 213 mortes. Foram 45 mortes apenas no mês de março. O número só é menor que o mês de janeiro quando ocorreram 47 óbitos. O detalhamento da Secretaria Municipal de Saúde mostra que 162 vítimas residiam em Vilhena; 43 eram de outros municípios rondonienses, e 8 moravam em outros estados.

No informe de hoje, a Secretaria Municipal de Saúde, confirmou o registro de 58 novos casos da doença; elevando para 9.650 o total de vilhenenses infectados.  

De acordo com a análise desses dados, 574 casos foram confirmados nos últimos 14 dias; o que consolida a média móvel de 41 casos diários; o que significa uma queda de 18,70% em comparação com a média registrada há duas semanas.

O total de casos ativos no município hoje é de 636 pacientes, dos quais, 34 estão internados na Central de Atendimento à Covid-19. Sendo 16 deles na enfermaria e 18 na “UTI Covid”; 13 dos pacientes da UTI estão intubados. O município tem 90% dos leitos de UTI destinados à pacientes com covid-19 ocupados.

Segundo o boletim, foram 9 os pacientes a receberem altas médicas nas últimas horas; elevando assim de 8.843 para 8.852 o total de pacientes que venceram a doença. A taxa de cura no município está em 91,73%, de acordo com a análise dos números divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Vilhenenses vacinados:
1ª dose – 3.786
2ª dose – 1.804

Por Folha do Sul/ Rogério Perucci