Menu

PMDB de Rondônia vota pela saída do Governo Dilma e deve entregar cargos na Funasa, Incra e Eletrobrás

PMDB de Rondônia vota pela saída do Governo Dilma e deve entregar cargos na Funasa, Incra e Eletrobrás

A bancada do PMDB de Rondônia deve votar pela saída do Governo Dilma na reunião do partido nesta terça-feira, 29, em Brasília. A exceção do deputado federal Lúcio Mosquini (PMDB-RO), que já declarou seu voto pelo impeachment da presidente da República e nunca esteve ao lado do Governo, o senador Valdir Raupp e a deputada federal Marinha Raupp (PMDB-RO) devem entregar vários cargos indicados em Rondônia, a exemplo da Superintendência da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Superintendência do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e Eletrobrás Distribuição Rondônia, a antiga Ceron. Na estatal de energia, Raupp mantém um grande número de aliados como também em setores estratégicos da Eletronorte.  “Eu já declarei meu voto. Sou a favor da cassação”, disse o deputado Lúcio Mosquini.

 

voltar ao topo